Paradigmas e comportamentos

A arte de comentar

Eu não sou dona da verdade. E nunca quis ser. Mas aprendi desde cedo a defender meus pontos de vista até ser convencida do contrário: e acreditem, eu não me importo em ser convencida do contrário. O caminho do aprendizado é, e sempre foi, o diálogo.

O ruim de escrever na internet é que você não fica cara a cara com seu interlocutor. Quando alguém lê um texto seu na sua frente algum comentário saí dali. Bom, ruim, gostei, não gostei, concordo, discordo, e por aí vai. Mas aqui as pessoas vem, lêem, vão embora, e exceto por um hit anônimo, a gente nem sabe que alguém esteve por aqui. Mas isso não é muito diferente de ler um jornal ou um livro, na verdade, é até melhor porque há a possibilidade de interagir. Agarra essa oportunidade quem quer!

Mas comentar na internet não é, ou não deveria ser, diferente de dialogar com alguém na “vida real”. Discordar e criticar são direitos que todos tem, a forma é normalmente muito mais problemática que o conteúdo. As pessoas se acham no direito, por estarem escondidas atrás de um monitor em alguma parte do mundo, de serem grosseiras, ríspidas, vazias em conteúdo na hora de criticar. Não gostou? Tá coberto de razão e no seu absoluto direito, mas me explica porque, como e quando, e abra o espaço pra eu argumentar também. Com sorte, a gente chega num consenso, ou na pior das hipóteses, a gente pelo menos dialogou. Continue lendo “A arte de comentar”

Anúncios
Meios e Mídias

Eu no Espaço Imoral (II)

Calma gente… não pretendo ficar usando esse espaço para propagandear tudo que eu postar no outro. Já tenho o The Middle of Nowhere pra isso, né?  Mas é só para avisar que minhas contribuições pro EI serão 2 vezes por semana: Todas as segundas e as sextas.  Sugiro FORTEMENTE que vocês visitem o site diariamente, pois todo dia o Bronx posta alguma coisa interessante, nova, reveladora. Mas não deixem de ir nas 2as e 6as  dar pitaco nas minhas sugestões de artistas interessantes, ok?  Visitem e COMENTEM, só assim vou saber se estou acertando a mão!

Deixei a cargo do Bronx decidir dos 11 artigos que já estão prontos, qual vai ao ar amanhã ou mesmo se esse esquema de dois dias só começará na próxima semana. Então pra mim também vai ser uma quase surpresa. Mas seja qual for, espero que vocês gostem!
(OPSS… acabo de me lembrar que segundas eram as folgas do Espaço Imoral, quando normalmente não entrava nenhum post, então corre o risco do Bronx não aparecer para agendar nada. Vou lá agendar alguma coisa, e se ele aparecer, pode mudar, né? O que vou escolher… hum… já sei… vejam lá depois da meia noite! )

Meios e Mídias

Eu no Espaço Imoral


Amanhã, mais precisamente a zero hora e um minuto (:))  começa minha participação no Espaço Imoral com o post A arte imponente de Rudy Herczog (Rochr). Em princípio, trata-se de uma participação semanal, prestigiando artistas renomados e/ou apresentando novos nomes.

Confesso que dei uma apavorada quando recebi o convite. Mais trabalho (pro-bono, as always… Essa é a história da minha vida! 🙂 ), uma baita responsabilidade (o site é super bem acessado e sempre com excelentes sugestões de artistas inusitados, diferentes, interessantes e cá entre nós, eu sou um tanto quanto mais do mesmo!) e ver arte e dar palpite é uma coisa, escrever texto sobre arte, é outra completamente diferente: eu lá sei do que estou falando? Continue lendo “Eu no Espaço Imoral”