Crônicas do Cotidiano

O Sinistro

Demorou a cair a ficha. Os primeiros meses do ano são áridos financeiramente e eu não estava esperando. Acho que o pior foi não estar esperando.  Porque eu sempre estou esperando. Boas coisas, coisas ruins, eu traço cenários até dormindo. “E SE?” é minha expressão favorita e eu memorizo possibilidades de tanto medo das surpresas. O CID 10  chama de Ansiedade Generalizada. Eu chamo de outra terça feira.

Comecei o dia meio mal dormida, chegando cedo no trabalho, e antes de pegar no batente fui pagar uma conta. O saldo me causou estranheza.  Pela hora do dia, as contas agendadas teriam já batido, aquele dinheiro não fazia sentido. Pedi o estrato.

Havia um depósito desconhecido. Nada ai meu deus acabo de ficar rica, vou fugir pras Bahamas e não sei porque, mas mesmo modesto, substancial a ponto de ser notado mesmo eu não tendo esse controle assim tão específico do quanto deveria ter na minha conta naquela manhã.

Na sequência do depósito, e naquele momento eu não sabia se antes ou depois, haviam débitos que por instantes não reconheci.  A idéia (insana) que me ocorreu era  que alguém havia depositado algo na minha conta e estava tirando aos poucos. Não fazia sentido algum, e eu rodava que nem peru tonto na véspera da ceia.

Eu sou dessas. Apavoro primeiro. Penso depois. Raramente faço coisas apavorada, o apavoramento me trava o que é uma benção. Dá até pra disfarçar bem o fato deu apavorar primeiro…  Aqueles instantes de “ai meu deus ai meu deus ai meu deus” costumam ser só verborragia, ou desespero silencioso.  O passo seguinte é sempre um bom passo. Eu paro. Eu analiso o cenário (o que é que eu não pensei que desembocou nisso aqui?), divido o problema em pedaços e tento ir, apesar da ansiedade de resolver logo, um passo de cada vez.

Passo 1, esses débitos são meus?   Peguei as ultimas contas pagas, reconheci todos os valores debitados, dei conta de cada saída entre ontem e hoje, nada estava fora do ordinário nesse pedaço.

Passo 2, é de fato um depósito? Se sim, eu conseguia  identificar?  Fiquei ali olhando, pensando o que podia ser aquele dinheiro. Decifrando de onde podia ter vindo através do que vinha escrito… a primeira parte foi fácil: Sispag, o sistema de pagamento do Itaú.  Mas isso não é para salários e afins que rodam dentro do itaú?  Ok, algo rodado através do itau. Eu tinha algo pra receber pelo itaú?  E ai as 3 letrinhas que vinham depois, antes de muitos e muitos números, se encaixaram no fundo da minha mente, como uma bigorna que cai em um jogo de tetris demoníaco…

“sin”.

Procurei pela minha irmã online para perguntar se tinha caído algo na conta dela também. E fiquei aqueles momentos parecendo nem respirar. O tempo suspenso, uma grande névoa, a visão turva, o peito se fechando em nó…

A confirmação veio instantes depois, e junto um comentário pragmático de bom uso para o dinheiro que me causou  nem estranheza, mas inveja. As pessoas são diferentes. E lidam de forma diferente com eventos iguais.  Eu, apertada de dinheiro, pensando em cortes, sabendo que iria ter que fingir ser boa negociante e regatear preços e serviços, olhava para aquele dinheiro como um monstro que tivesse se apossado da minha conta bancária. O que era ridículo, infantil, desproporcional, mas aquela linha no extrato bancário doía em mim e eu não consegui atinar nenhum uso que não me cortasse por dentro… No fundo, ainda não pensei.

Era a parte que me cabia do seguro de vida do meu pai.  Um seguro pequeno, que me coube um pequeno pedaço. Que fazia diferença no orçamento do mês e ainda assim….  Tudo conseguia pensar é que eu queria trocar aquilo, o resto do que estava na minha conta, e uma dívida 1000 vezes aquele valor por ele de volta e não podia. Tudo que eu podia era olhar aquele dinheiro inesperado na minha conta.  E chorar.

“sin”. De sinistro.

sinistro
adjetivo
  1. 1.
    frm. que usa preferencialmente a mão esquerda (diz-se de pessoa); esquerdo, canhoto.
  2. 2.
    que pressagia acontecimentos infaustos; agourento, funesto.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s