Crônicas do Cotidiano

Pra não dizer que não falei de Coxinhas, Revolucionários e Futebol.

Não gosto de futebol. Nunca gostei. Torcer junto entretanto é muito legal e em momentos mais empolgantes da história, eu já estive lá, na torcida, pro melhor e pro pior (e o pior foi em 82, o gol ‘eu-não-consigo-acreditar’ do Paolo Rossi aos 30 min do 2o tempo… Um daqueles momentos de fim da infância de caráter decisivo na minha formação religiosa onde ficava claro que se havia deus, ele não tinha como função a intervenção. Ou isso ou era Italiano. Tive um crush por um cidadão de sobrenome Rossi tempos depois, amor fadado ao fracasso sem sequer começar, já que o nome do rapaz me causava sofrimento e tristeza profunda.). Continue lendo “Pra não dizer que não falei de Coxinhas, Revolucionários e Futebol.”

Anúncios