Crônicas do Cotidiano · Pensamentos Aleatórios

Impressões de férias (02)

Então né?  Morrer, dormir, talvez sonhar, quem sabe?  Acordei de um sonho que não me lembro, num quarto que não era (mais) o meu. Pulei, sentei na cama, 11 e cassetada!  Foi o tempo de colocar uma roupa e descer pra cruzar com a irmã na escada, que já estava indo me chamar… de descabelada, né?  Alias, até a mãe me chamou de descabelada. Foi mal ai. Eu tinha que esquecer alguma coisa, esqueci a escova de cabelo.

Mas enfim, tinha até uma mesinha posta pro meu café sendo retirada para colocar o almoço. Gordo é foda: olha eu chorando muito, e chorando alto!

Almoçar na casa do pai é tortura. Difícil comer pouco, impossível não repetir… O segredo é colocar micro-porções e comer bem devagar. Alguém há de tirar a mesa antes de você repetir uma terceira vez. E tinha até sobremesa, Carlos Alberto!  O que eu quero mais?  Deixa pra lá…

Afinal somos todos vândalos, criminosos, tementes a deus mas comedores de bis velho. Não se pode ter tudo, afinal.  Ou tudo o tempo todo, afinal, os tronquinhos acabam.  Mas meus cachorros atrozes fazedores de tartaruga ainda me amam, e obesos, pulam em cima de mim. Eles também são gordos de alma. Que nem que eu.

Mas numa falha estratégica, conto pra todo mundo que vi deus em um doce e todo mundo agora quer. Além da impossibilidade de comprar essa quantidade de tronquinhos, meus amores, vocês acham mesmo que eles chegariam ‘incomidos’ no Rio? Ah, eu sou adepta do comer, rezar e amar, tudo muito, tudo sempre…  Em tempos difíceis para os  últimos, tendo a fazer muito do primeiro…

Mas antes que eu me contorcesse em inveja e arrependimento, um culto evangélico (?!) e um vizinho direto me fizeram lembrar que a distância cria poesia per si e de perto, somos todos anormais. Vândalos. É. Somos nós.

E por fim a lua, que desde ontem povo o céu rodeada da melhor companhia, nos premia com um beijo em Vênus num céu de brigadeiro. O outro, de patente, de vôos, de ar.

Dois dias. Reconhecida. Agraciada. E ainda tenho essa cara de pau de duvidar da Providência.

PhotoGrid_1378677301253

Anúncios

Um comentário em “Impressões de férias (02)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s