Crônicas do Cotidiano · Pensamentos Aleatórios

Impressões de férias (01)

O motorista de nome estranho que nasceu em 3 de fevereiro e que não liga em receber presentes, caros ou baratos, foi um lembrete de que há muito que é conjuntural, mas muito que é pura escolha. Lidar com as conjunturas, por exemplo, é uma escolha.  O desgastante caminho entre Rio e o sul do sul de Minas pra ele começa com uma conversa divertida, um criação de camaradagem, que contribui pra viagem tranqüila. Ele também é um ser que escolheu ser do ramo do acolhimento, mesmo que não fosse.

Fora isso, o caminho é longo, e a melancolia de estrada é 100% segura. Ela sempre vem. Culpo a ela do revirar de potes antigos, contendo olores, sabores e cores de origem duvidosa… Mas estou de olho. Se o hábito de desenterrar ossadas começar a se tornar acintoso, e fora da estrada, vigilante que estou, grito por socorro, e os amigos hão de ser por mim.

Listamos os aprendizados, frescos na mente para a melhor retenção. Resistance is futile. Fugi do açúcar colorido e cai no suspiro para me consolar. É que nada é para sempre, nada é de fato perene. Tudo muda e tudo acaba. Tudo começa em outro lugar.

De certeza, só nossa pequenez sob o céu estrelado. E nossa capacidade de se reinventar.

PhotoGrid_1378590092409

Anúncios

3 comentários em “Impressões de férias (01)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s