Inquietude

Ando com a alma inquieta… E ela borbulha dentro de mim.

Não é de hoje. Já em dias que sempre que o silêncio me é possível, tento um diagnóstico diferencial.

Descartei indigestão.

Mas salvo a improbabilidade logística, ainda não descartei a ingestão de um panapaná em meio à sua diáspora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s