Cotidiano

Eu e meus exercícios de paciência

Eu sou a mais impaciente das criaturas. Sempre fui, e a fama da minha impaciência me antecede. Alias, cruamente falando, eu sou uma pessoa de péssima fama: impaciente, neurótica, workaholic, dramática, pouco maternal (como é que é a parada, Marcelinho? “No dia que sai de casa, minha mãe me disse… Juízo, e vai logo que estou tomando chuva!”). Fazer o que? A gente é o que a gente é! Anyway, eu sou a mais impaciente das criaturas. Mas por alguma razão que não sei qual é, eu sempre sou atraída, tal e qual imã, para os passatempos que exigem grande quantidade de o que? o que? justamente paciência. Continue lendo “Eu e meus exercícios de paciência”